sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

O segredo da beleza através dos alimentos

Um dos maiores objetivos na vida é desenvolver uma dieta própria para nós mesmos. Uma dieta que nos faça sentir incríveis a cada momento, que aumente a nossa longevidade e gere beleza sem limites!
Caso a gente consiga manter hábitos alimentares excelentes, então teremos conquistado algo extraordinário, porque a consistência desses hábitos é a chave! A ideia é introduzir em nossa alimentação alimentos ricos em nutrientes e permitir ao corpo fazer essa mudança no seu próprio ritmo!
O mundo da alimentação viva, à base de plantas, é a maior fonte de beleza natural. A alimentação viva, nada mais é que uma dieta crudívora, ou seja, uma alimentação baseada em alimentos crus, por exemplo frutas frescas ou secas, vegetais, sementes, grãos germinados e algas. Nela também é permitida o uso do mel, sem ser pasteurizado, por isso ela não é totalmente vegana. É também, um tipo de dieta em que os alimentos consumidos não são cozidos. É que  este tipo de preparação causa a perda de nutrientes. Não quer dizer, necessariamente, que se TODOS os alimentos estejam praticamente crus… Existem processos de preparação que não causam perda de nutrientes, como a desidratação ou os alimentos são levados a uma temperatura de, no máximo, 40 graus Celsius, que com um maior tempo de exposição ao calor, tornam se pré cozidos e são servidos mornos.
A cada dia que passa a ciência comprova  que a alimentação viva/crua pode restaurar a elasticidade dos tecidos, curar doenças de diferentes tipos, prevenir a maioria das doenças e ainda nos trazer um estado de felicidade maior que o de quando ingerimos  que passem por algum tipo de processo que mude seu estado natural!
couve natural vibe
Os vegetais verdes, comuns nos sucos verdes que viraram mania mundial, proporcionam fibras e promovem a alcalinização corporal,  ajudando a limpar o nosso corpo de toxinas e nos preparando pra obter uma beleza completa, tanto do corpo,  quanto em nossa mente, refletindo em nosso estado energético como um todo! SIM pessoal, quando estamos nutridos, estamos vibrando mais alto e tudo flui melhor!
pepino natural vibe
A alta concentração de minerais nos alimentos crus, especialmente o silicone e o magnésio, podem manter e restaurar a densidade mineral dos ossos, cabelos e dentes. Além disso, o silicone aumenta a espessura da pele, melhora a aparência das rugas e proporciona aos cabelos e unhas uma aparência saudável.  Como exemplo de alimentos ricos em silicone, temos o broto de alfafa, rabanete, alface romano, espinafre, pepino (encontrado na casca), pimentão (encontrado na casca), tomate (encontrado na casca) e aveia.
repolho_roxo natural vibe
O enxofre é um componente essencial de todos os tecidos conectivos. Ele proporciona elasticidade, movimento e reparação. Tem a habilidade de continuamente reconstruir colágeno e queratina e por isso é essencial para uma pele, cabelos e unhas brilhantes e lustrosos. Alguns alimentos ricos em enxofre são: rúcula, repolho, brócolis, alho, couve, cebola, agrião, rabanete e semente de abóbora.
graos-ricos-em-zinco natural vibe
O zinco é necessário para uma pela bonita, desenvolvimento sexual, fertilidade, visão noturna e para o aumento do paladar e olfato, além de prevenir estrias! Alguns alimentos ricos em zinco são: semente de abóbora, semente de papoula, pecans, castanha de caju, semente de pinho, macadamia, semente de gergelim, espirulina, algas (kelp, nori, irish moss) e leguminosas.
semente-de-abobora natural vibe
O ferro auxilia o processo de respiração. São as hemoglobinas ricas em ferro que carregam oxigênio pelo corpo, ajudando a construir e nutrir tecidos. Sua deficiência gera baixa oxigenação no corpo levando à fraqueza, fadiga e intolerância a temperaturas baixas. Alimentos ricos em ferro são: cebola, leguminosas, espinafre, couve, salsinha, alga nori, broto de lentilha, agrião, espirulina e semente de abóbora.
Lembrando que certos tipos de alimentos como óleos e gorduras cozidas (especialmente óleos vegetais cozidos, margarina e gordura animal) são prejudiciais à beleza, pois produzem inflamação nos tecidos, danificam o sistema cardiovascular, interferem no raciocínio e aceleram o processo de envelhecimento.
Da mesma forma, temperaturas altas destroem a vitamina C e a maioria das vitaminas do complexo B, incluindo a B12.  As vitaminas A, D, E, K são perdidas durante a fritura de alimentos. A deficiência de vitamina A é associada com o aparecimento de espinhas e desordens de pele e a deficiência de vitamina E está relacionada à indigestão e doenças cardiovasculares. A forma vegetal de vitamina A é encontrada em rúcula, agrião, brócolis, espinafre, couve, espirulina, cenoura, abóbora, mamão e muitos outros alimentos. As azeitonas, o azeite e o abacate são as melhores fontes vegetais de vitamina E.
As vantagens da alimentação viva são inúmeras no processo de geração de beleza, não é mesmo? Como você pode perceber, a beleza física é resultado de uma purificação interior! Cada um tem um ponto ideal, alguns adotam 70% da alimentação viva e já sentem mudanças em todos os aspectos de suas vidas, outros 80% e por aí vai… É certo em que um país como o Brasil, culturalmente seja difícil termos um hábito tão diferente… Mas, que tal experimentar essa mudança acompanhada de arroz integral e feijão? Afinal, temos que respeitar as vontades vindas do coração, não é mesmo?
Quando estamos conscientes da importância da nutrição nos permitimos direcionar o caminho de todos os tipos de  mudanças em nossas vidas! Com esse fica mais fácil escolher alimentos que nos traga vitalidade,  saúde,  espiritualidade e  beleza!

Cada refeição se torna parte do que somos!

Sobre o autor: 

Vegetariana estrita, foi tocada pela proposta da alimentação natural e crudívora, mudando sua carreira de administradora e merchandiser da área da moda em Nova York para Instrutora e Consultora em Alimentação Crudívora. É formada pelo instituto de alimentação viva na California, Living Light Culinary Arts Institute onde certificou-se como “Raw Culinary Arts Associate Chef & Instructor”. Estudou, "Ciência da Nutrição por Alimentos Vivos" com o mundialmente conhecido “Raw Food Educator” Dr. Rick Dina, e viaja anualmente para congressos de medicina natural no exterior em busca de novos conhecimentos para a sua futura atuação no campo de Nutrição Holística.

Sem comentários: